a OBSERVATÓRIO DA PAX: Março 2014

segunda-feira, 17 de março de 2014

Projeto inter-religioso de combate ao tráfico de seres humanos

Foi apresentado esta segunda-feira no Vaticano um projeto inter-religioso de combate ao tráfico de seres humanos, a ‘Global Freedom Network’ (Rede Global de Liberdade). Católicos, anglicanos e muçulmanos associam-se à iniciativa que visa “erradicar as formas modernas de escravidão e o tráfico de pessoas”, em colaboração com a ‘Walk Free Foundation’. (Mais...)



Agência Ecclesia

Etiquetas: ,

segunda-feira, 10 de março de 2014

«Pobreza e Riqueza de Deus e dos Homens»: Mensagem da CNJP para a Quaresma 2014

A Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP) publicou hoje a sua mensagem para a Quaresma 2014, intitulada "Pobreza e Riqueza de Deus e dos Homens", inspirada na mensagem do Papa Francisco para a quaresma deste ano.


1. É hoje evidente que o olhar pastoral do Papa Francisco atribui à pobreza e aos pobres um lugar central nas suas preocupações. Poderá dizer-se que a escolha do nome, no encalço de Francisco de Assis, já o indiciava. Todavia, sobretudo para quem não conhecesse o seu passado de Bispo, era difícil antever a forma que aquela preocupação viria a ter no exercício da missão de Papa. O que mais importa notar é, no entanto, que o Papa não fala dos pobres na perspetiva de um ativista social ou político, mas como alguém que encontra no tema uma dimensão essencial da mensagem cristã. Por outras palavras, a novidade não está apenas no modo de ver os pobres e a pobreza, mas também no seu entendimento da mensagem cristã. Interessa-nos aqui a abordagem do assunto na sua recente mensagem para a quaresma deste ano de 2014.
A reflexão do Papa Francisco, cuja leitura e meditação recomendamos vivamente, parte da passagem em que o Apóstolo Paulo recorda aos cristãos de Corinto que Jesus Cristo, “sendo rico, Se fez pobre por vós, para vos enriquecer com a sua pobreza”. Com esse texto, Paulo visava encorajar os coríntios a serem generosos com os cristãos de Jerusalém que passavam necessidade. Neste sentido, era um “convite à pobreza, a uma vida pobre em sentido evangélico”.
O que nos diz a nós, cristãos de hoje, esse convite? pergunta o Papa.

2. A propósito da crise que atravessamos e do que deveria ser diferente após a crise, tem-se realçado a necessidade de um estilo de vida diferente: mais sóbrio, liberto dos vícios em parte responsáveis pela crise, tais como o individualismo, a cultura do «consumismo» e do «descartável», a idolatria do dinheiro e do poder. Na mensagem quaresmal, a mudança do estilo de vida sugerida por critérios humanos e económicos adquire um significado muito mais profundo. Inspira-se no “estilo de Deus”, designadamente no facto de o Filho se ter despojado do poder e da glória, para se tornar em tudo semelhante a nós. A finalidade de Jesus Se fazer pobre, nota o Papa, não foi a pobreza em si mesma, mas a salvação da humanidade. Com efeito, “Deus não fez cair do alto a salvação sobre nós, como a esmola de quem dá parte do próprio supérfluo com piedade filantrópica. Não é assim o amor de Cristo!” Para os cristãos, portanto, a adoção de um novo estilo de vida, marcado pela pobreza evangélica, aparece como uma exigência dafé, independentemente de a sociedade portuguesa e, em certa medida o mundo, estarem a atravessar uma crise. O Papa refere-se à Igreja como “um povo de pobres”. (Mais ...)

CNJP


Etiquetas: , ,

sábado, 1 de março de 2014

Programa Quaresmal 2014 aborda relação da fé com os bens materiais



«AS PARÁBOLAS E OS BENS MATERIAIS - Sobre economia e um correto relacionamento com o dinheiro» é o titulo de um interessante programa Quaresmal preparado pela Igreja da Escócia [KIRK] no âmbito da Comissão Ecuménica «Igrejas juntas na Grã-Bretanha e na Irlanda» (CTBI) e traduzido para Português pelo Instituto Anglicano de Estudos Teológicos da Igreja Lusitana (IAET).

A crise do crédito, a crise financeira e o impacto da recessão que se lhes seguiu a nível Europeu são o pano de fundo para um aprofundamento bíblico comprometido da profunda relação existente entre a fé e os assuntos e temas de natureza económica e material tão presentes no dia-a-dia de cada pessoa, comunidade, Igrejas e sociedade.

No contexto da tradição do tempo Quaresmal com os seus fortes valores e princípios de sacrifício, solidariedade, renúncia e auto-exame, o propósito é o desenvolvimento de um estilo de vida cristão gera-dor de novas formas de estar e de viver principalmente ao nível da relação com o dinheiro e os bens materiais.

O programa a ser adaptado em função das especificidades locais compreende seis sessões podendo ser usado individualmente, nas Paróquias ou em grupos ao longo da Quaresma. Cada sessão foca uma Parábola Bíblica diferente que é precedida de uma reflexão quaresmal e contém uma proposta de ação e de compromisso. Cada encontro termina sempre com um período de oração. (Mais...)

O material de estudo e de oração pode ser obtido diretamente no site da Igreja Lusitana: www.igreja-lusitana.org

Igreja Lusitana

Etiquetas: ,