a OBSERVATÓRIO DA PAX: Julho 2018

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Cardeal defende cânone sobre defesa da "casa comum" no Código de Direito Canónico

Um novo cânone a ser inserido no Código de Direito Canónico, dedicado ao "sério dever" dos fiéis cristãos, não apenas de "não prejudicar", mas também de "melhorar" o meio ambiente natural. É o que o cardeal Francesco Coccopalmerio, presidente emérito do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos, pretende propor ao Papa Francisco, conforme anunciado pelo próprio purpurado no encontro "Diálogo sobre investimentos católicos na transição energética", realizado em 12 de julho em Roma.

O cardeal Coccopalmerio assim resumiu a sua proposta ao Vatican Insider: "O Código de Direito Canónico, no início do Livro II, nos cânones 208-221 sob o título “Das obrigações e direitos de todos os fiéis”, apresenta uma lista destas obrigações e direitos e, por essa razão, traça um perfil do fiel e da sua vida de cristão. Infelizmente, nada se diz sobre um dos deveres mais sérios: proteger e promover o ambiente natural em que vive o fiel ".

"A minha proposta - continua o prelado ambrosiano - seria a de pedir ao Papa, da parte do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos, a inserção nos cânones que acabei de mencionar, um novo cânone que soa mais ou menos assim: "Todo o fiel cristão, ciente de que a criação é a casa comum, tem o sério dever não somente de não danificar, mas também de melhorar, tanto com normal comportamento, como com iniciativas específicas, o meio natural em que cada pessoa é chamada a viver "».

Vatican News

Etiquetas: , ,

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Santa Sé na ONU: Proteger os menores vítimas dos conflitos para um futuro de paz

D. Bernardito Auza, Observador Permanente da Santa Sé junto da ONU, fez um discurso na sede das Nações Unidas em Nova York sobre o tema da proteção dos menores nos conflitos armados: “Devemos fazer mais, para reabilitar as crianças que sobreviveram aos horrores das guerras”. (Mais...)

Vatican News

Etiquetas: , ,