a OBSERVATÓRIO DA PAX: ADVENTO 2014: 1º DOMINGO DO ADVENTO

sábado, 29 de novembro de 2014

ADVENTO 2014: 1º DOMINGO DO ADVENTO

1. Ambientação

São objectivos da política agrícola [p]romover a melhoria da situação económica, social e cultural dos trabalhadores rurais e dos agricultores, o desenvolvimento do mundo rural, a racionalização das estruturas fundiárias, […] e o acesso à propriedade ou à posse da terra e demais meios de produção directamente utilizados na sua exploração por parte daqueles que a trabalham.

Constituição da República Portuguesa. VII Revisão Constitucional [2005]. Artigo 93º


2. Reflexão

No início da criação, Deus criou o homem para ser guardião da sua obra, con-fiando-lhe o encargo de a cultivar e proteger. […] Preocupa-me o desenraiza-mento de tantos irmãos camponeses que sofrem por este motivo e não por guerras ou desastres naturais. A monopolização de terras, a desflorestação, a apropriação da água, os pesticidas inadequados, são alguns dos males que arrancam o homem da sua terra natal. Esta dolorosa separação não é só física mas também existencial e espiritual, porque existe uma relação com a terra que está a pôr a comunidade rural e o seu peculiar estilo de vida em decadên-cia evidente e até em risco de extinção. […]
A outra dimensão do processo já global é a fome. Quando a especulação finan-ceira condiciona o preço dos alimentos tratando-os como uma mercadoria qualquer, milhões de pessoas sofrem e morrem de fome. Por outro lado, des-cartam-se toneladas de alimentos. Isto constitui um verdadeiro escândalo. A fome é criminosa, a alimentação é um direito inalienável.

PAPA FRANCISCO – Discurso aos Participantes no Encontro Mundial dos Movimentos Populares (28 de Outubro de 2014)


3. Gesto de Paz

Acende-se a PRIMEIRA VELA da Coroa do Advento.

Ao acendermos a primeira vela da Coroa do Advento, pensamos na nossa rela-ção com a natureza e nos gestos que fazemos (ou não) todos os dias para a preservar e respeitar cada vez mais: evitar gastos desnecessários de água e electricidade, separar os resíduos, utilizar os transportes públicos, cuidar de uma horta ou das plantas na nossa varanda, adquirir produtos frescos directamente do produtor, …
O que podemos fazer mais? O que nos falta ainda fazer?
Neste 1º Domingo do Advento comprometemo-nos a _________________________


4. Oração

1. Senhor, Deus de Abraão e dos Profetas, Deus Amor que nos criaste e chamas a viver como irmãos, dá-nos a força para sermos cada dia ar-tesãos da paz; dá-nos a graça da coragem de sair de tudo aquilo que é destruição, devastação, relativismo de vida, exclusão do próximo, ex-clusão dos valores, exclusão da paz.

Todos: Senhor, dá-nos Tu a paz, ensina-nos Tu a paz, guia-nos Tu para a paz!


5. Bênção

1. O Senhor abra os nossos olhos e os nossos corações e nos dê a coragem de dizer: «Nunca mais a guerra!».

Todos: Glória a Deus, nosso Pai, para sempre. Ámen.

1. O Senhor infunda em nós a coragem de realizar gestos concretos para construir a paz.

Todos: Glória a Deus, nosso Pai, para sempre. Ámen.


In: «Não havia lugar para eles...» (Lc 2,7). Contributos para a celebração do Advento 2014. Esta brochura está disponível online aqui.

Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home