a OBSERVATÓRIO DA PAX: Outubro 2012

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Pax Christi Intrenacional: Novo Manual sobre Não-violência

A Pax Christi International lançou uma nova publicação intitulada: "Manual de Introdução à Não-Violência na Perspetiva de Transformação de Conflitos".
A publicação é uma contribuição para os programas existentes em matéria de não-violência e sua relação com a transformação de conflito e poder.
O texto foi preparado pelos colombianos Carlos H. Fernández e Luisa Fernanda Trujillo.
O objetivo do manual é contribuir para os processos de transformação não-violenta na região da América Latina.
O manual está disponível em Espanhol e em Inglês.

Etiquetas: , ,

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Prémio Nobel da Paz 2012 atribuído à União Europeia

O Prémio Nobel da Paz 2012 foi atribuído à União Europeia.
O Comité Norueguês do Nobel justificou esta atribuição devido ao contributo da organização para o avanço da paz e da reconciliação, da democracia e dos direitos humanos na Europa há mais de seis décadas.

Etiquetas:

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

José Henríquez: Secretário Geral da Pax Christi Internacional

O Comité Diretor da Pax Christi Internacional tem o prazer de anunciar a nomeação de José Henriquez, originário de El Salvador, como Secretário Geral da Pax Christi Internacional.
José Henriquez participa ativamente no movimento internacional pela paz desde que coordenou a Primeira Consulta da Pax Christi Internacional na América Latina, em 2007. A sua presença traz à Pax Christi Internacional um profundo compromisso pessoal com a justiça e a paz. (Mais...)

Etiquetas:

Pax Christi Internacional nomeada candidata ao Prémio Nobel da Paz 2012

Numa carta datada de 28 de Março de 2012, o Comité Norueguês do Nobel confirmou a nomeação da Pax Christi Internacional como candidata ao Prémio Nobel da Paz 2012.

Este ano, foram registados 231 candidatos. O nome do galardoado com o Prémio para 2012 será anunciado no dia 12 de Outubro.

Etiquetas: ,

sábado, 6 de outubro de 2012

Bem-aventurados os pacificadores: Tema para o Dia Mundial da Paz de 1 de Janeiro de 2013

Para a celebração do 46º Dia Mundial da Paz do próximo dia 1 de Janeiro de 2013,  o Papa Bento XVI escolheu como tema: «Bem-aventurados os pacificadores».
A Mensagem anual do Pontífice, no complexo contexto actual pretende encorajar todos a sentirem-se responsáveis em relação à construção da paz.
Portanto, a Mensagem abraçará a plenitude e a multiplicidade do conceito de paz, a partir do ser humano: paz interior e paz exterior, pondo em seguida em evidência a emergência antropológica, a natureza e incidência do niilismo e, ao mesmo tempo, os direitos fundamentais, em primeiro lugar a liberdade de consciência, a liberdade de expressão, a liberdade religiosa.
Além disso, a Mensagem oferecerá uma reflexão ética sobre algumas medidas que no mundo estão a ser adoptadas para conter a crise económica e financeira, a emergência educativa, a crise das instituições e da política, que é também – em muitos casos – preocupante crise da democracia.
A mensagem olhará também para o cinquentenário do Concílio Vaticano II e da encíclica do Papa João XXIII, Pacem in terris, segundo a qual a primazia deve ser dada sempre à dignidade humana e à sua liberdade, para a edificação de uma cidade ao serviço de cada homem, sem qualquer discriminação, e orientada para o bem comum sobre o qual se funda a justiça e a paz verdadeira.
«Bem-aventurados os pacificadores» será a oitava Mensagem do Papa Bento XVI para a Celebração do Dia Mundial da Paz. A seguir, os títulos das Mensagens precedentes: «Na verdade a paz» (2006); «Pessoa humana, coração da paz» (2007); «Família humana, comunidade de paz» (2008); «Combater a pobreza, construir a paz» (2009); «Se queres cultivar a paz, preserva a criação» (2010); «Liberdade religiosa, caminho para a paz» (2011); «Educar os jovens para a justiça e a paz» (2012).

L'Osservatore Romano